Mercadorias volumosas influenciam diretamente no cálculo do frete. Um caminhão com capacidade de transportar 12.000 kg pode ficar lotado com apenas 500 kg de mercadoria, caso ela seja muito volumosa. Para evitar prejuízos nesses casos, as transportadoras fazem o cálculo do frete com base na cubagem.

Vamos ver nessa matéria o que é fator de cubagem, para que ele serve e como calcular o peso cubado. Vamos lá?

 

O que é, para que serve e quando usar a cubagem?

A cubagem é a relação entre o peso e espaço que uma mercadoria ocupa no veículo. Ela é usada nos casos em que os produtos já embalados ocupam um grande espaço, mas são relativamente mais leves, que é o caso de colchões, isopor, entre outros. Ou quando a mercadoria é pequena, mas é pesada, como alguns eletrodomésticos, por exemplo.

Nesses casos, se fossem usados os pesos e os volumes reais, haveria um mal aproveitamento do espaço e da capacidade do veículo. Um caminhão que tem capacidade de transportar 15.000 kg pode ficar lotado com apenas 700 kg de uma mercadoria muito volumosa e leve. Da mesma forma, uma mercadoria pequena e pesada não permite o aproveitamento total do espaço do veículo, pois isso acarretaria em excesso de peso.

Em resumo, a cubagem auxilia a melhorar o planejamento da logística e a reduzir custos no transporte.

 

O que é Fator de Cubagem?

O fator de cubagem é um número que equivale ao “peso ideal” em relação a 1 m³ (um metro cúbico) dentro do veículo. Esse número já é prefixado e varia de acordo com o modal do transporte:

  • – Rodoviário: 300 kg
  • – Marítimo: 1.000 kg
  • – Aéreo: 166,7 kg

No transporte de carga fracionada, pode-se considerar um fator de cubagem um pouco menor, de 250 kg. Isso porque nessas condições fica muito mais difícil preencher todos os espaços do veículo, já que são carregados vários produtos de tamanhos e pesos diferentes.

 

Como calcular o peso cubado?

O peso cubado é o valor que representa o espaço que a carga realmente ocupa no veículo. Para calculá-lo, basta multiplicar a metragem cúbica (altura X largura X comprimento) pelo fator de cubagem.

Vamos para um exemplo prático. Digamos que a mercadoria transportada pesa 1.500 kg e é composta por 3 caixas que medem cada uma 2,0 m de largura x 2,0 m de comprimento e 2,0 m de altura.

Todas as caixas juntas ocupam:

 

Volume total= 3 * (2*2*2)

Volume total= 24 m³

 

Para transformar os 24 m³ em peso, basta multiplicar a metragem cúbica pelo fator de cubagem. Vamos utilizar no exemplo o fator padrão do transporte rodoviário (300 kg):

Peso cubado= volume total * fator de cubagem

Peso cubado= 24 * 300  

Peso cubado= 7.200 kg

 

Sendo assim, temos uma mercadoria que pesa 1.500 kg, mas ocupa o lugar de 7.200 kg dentro do caminhão. Com isso, o cálculo do frete deve ser feito com base no peso cubado de 7.200 kg.

É importante destacar que deve ser considerado sempre o maior peso. Ou seja, se as características dos volumes fossem as mesmas do exemplo anterior, mas o peso real da mercadoria fosse 9.000 kg, deve-se considerar para efeito de cálculo o peso real e não o cubado, já que 9.000 kg é maior que 7.200 kg.

 

E aí, o que você achou dessa matéria? Foi esclarecedora? Deixe seu comentário!

 

taxas de frete - cubagem

 

 

 

 

Comentários