fbpx

Em vez de ler, que tal assistir ao vídeo?

Você já tem uma transportadora e quer simplificar o seu dia a dia?

Automatize todas as rotinas operacionais e financeiras com o sistema Active Trans

 

Se já faz ou pretende inciar no transporte de produtos químicos ou perigosos, é fundamental tomar todas as precauções, seguir as orientações da legislação para o transporte desse tipo de carga para evitar acidentes.

Ainda que a transportadora tenha tomado todas as medidas preventivas e não seja responsável pelo acidente, a empresa pode estar sujeita a penalização. 

Isso acontece porque as leis de proteção ambiental estão cada vez mais rígidas para evitar que as empresas causem mais degradação.

Por isso, em caso de acidentes, todos os envolvidos, como fabricante, importador e transportador são considerados responsáveis direta ou indiretamente.

Então, para evitar esse tipo de transtorno, vamos explicar no vídeo de hoje quais são os cuidados que você deve tomar para transportar produtos químicos e perigosos e o que orienta a legislação sobre esse tipo de transporte.

 

Se está abrindo ou pretende realizar esse sonho de abrir o seu próprio negócio,

inscreva-se no curso gratuito “Começando Certo” para transportadores de carga →

 

O que é considerado transporte de produtos perigosos?

Segundo a ANTT, produtos perigosos são:

  • Produtos transportados sob altas temperaturas;
  • Conteúdos explosivos;
  • Substâncias oxidantes, infectantes, radioativas ou tóxicas;
  • Materiais corrosivos;
  • Cargas gerais que oferecem riscos em colisões.

 

Quais cuidados você precisar tomar sobre:

Os condutores (motoristas)

O primeiro cuidado que se deve tomar no transporte de produtos perigosos é quanto a capacitação dos condutores. O motorista que vai realizar esse tipo de transporte precisa fazer um curso obrigatório conhecido como MOPP (Movimentação Operacional de Produtos Perigosos). Dentre os assuntos abordados no curso estão práticas de direção defensiva, primeiros socorros, movimentação de produtos perigosos, legislação de trânsito…

 

Os veículos 

Outro ponto fundamental é que o transporte de produtos químicos exige veículos específicos. Para garantir a segurança no transporte, o veículo precisa estar de acordo com o tipo de material que será transportado, com as manutenções preventivas em dia e passar por revisões constantemente, para garantir que a frota está em perfeitas condições e evitar acidentes.

Os veículos também precisam estar sinalizados corretamente, com painel de segurança e rótulo de risco, para indicar que está transportando uma carga perigosa.

 

As embalagens

Por conta dos riscos que esse tipo de material oferece, é fundamental ter um cuidado redobrado também com as embalagens utilizadas.

Elas precisam ser adequadas para cada tipo de produto, com rótulo indicando qual é o conteúdo que está na embalagem e os possíveis riscos que ele pode oferecer. Na hora de carregar o veículo, é importante se certificar de que a carga está bem acondicionada, para evitar acidentes.

 

A documentação 

Alguns exemplos de documentos necessários para o transporte de produtos perigosos são:

  • a nota fiscal de venda;
  • o CT-e (Conhecimento de Transporte Eletrônico), com a descrição do peso, o valor das mercadorias e o número da apólice de seguro;
  • a certificado de treinamento do condutor, para comprovar que o motorista é qualificado para manusear esse tipo de carga;
  • a ficha de emergência que descreve as instruções para em de emergência, de acordo com as especificações do material transportado;
  • a autorização ambiental para transporte interestadual de cargas perigosas, que aplica-se tanto para materiais, como para resíduos e é emitida pelo IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis);
  • E o CIPP (Certificado de Inspeção para o Transporte de Produtos Perigosos), que é um documento que garante que o veículo foi inspecionado e está de acordo com as normas vigentes.

Veja aqui a legislação completa para o transporte de produtos químicos e perigosos. 

 

Se você já tem uma transportadora e quer simplificar o seu dia a dia,

automatize todas as rotinas operacionais e financeiras com o sistema Active Trans

 

E o que você achou dessa matéria? Deixe nos comentários qual outro tema você quer que a gente explique por aqui.

 

 

Quer simplificar sua transportadora com o Active Trans?

Preencha o formulário e entraremos em contato com você:

 

 

Comentários

Dúvidas? Entre em contato!