fbpx

Em vez de ler, que tal assistir ao vídeo?

Quem não mede não gerencia. E quando falamos de dinheiro essa falta de gerenciamento sai muito caro.

Por isso, vamos continuar dando dicas sobre “Indicadores de Transporte” para você analisar os resultados do faturamento aí na sua transportadora.

 

Analisando o Valor de Frete por Kg

O “Valor de Frete por Quilo” é um indicador muito simples de ser calculado. 

É só dividir o valor do frete do seu conhecimento ou nota de serviço pelo peso transportado naquele conhecimento e você terá o valor cobrado por Kg.

 

Valor de Frete por Kg = Valor do Frete / Peso 

 

Essa informação pode ser usada de diversas maneiras:

  • comparando com períodos anteriores você vai saber se seu preço aumentou ou diminuiu e prever seu faturamento dos próximos meses;
  • comparando entre os clientes saberá qual cliente está trazendo mais retorno;
  • comparado com outras empresas de transporte, saberá se seu preço está próximo da concorrência;
  • dividindo por região de destino saberá se precisa reajustar sua tabela de frete.

As aplicações são infinitas. Mas, lembre-se: faturamento não quer dizer dinheiro no bolso

É necessário acompanhar outros indicadores para complementar suas análises e embasar suas decisões.

Se você quer saber mais sobre indicadores no transporte, veja também o e-book gratuito que preparamos pensando em você, que é dono ou gestor de transportadora:

[Indicadores de Transporte] Gerenciando seu FATURAMENTO: Valor de Frete por Kg 3

Baixe grátis o e-book: Utilizando Indicadores na sua Transportadora →

 

Os primeiros passos para analisar Indicadores de Transporte

Os indicadores precisam ser de fácil entendimento e relevantes para o seu negócio. Também é importante que eles sejam baseados em dados verdadeiros e precisos.

Então, o primeiro passo é ter o registro de todos esses dados em algum lugar, como em um sistema TMS (Sistema de Gerenciamento de Transporte), por exemplo. 

Com esses dados em mãos, é necessário transformar essas informações em relatórios e gráficos, para que aí sim você consiga fazer a análise.

Existem sistemas TMS,  como o Active Trans, que colhem e organizam todas as informações das suas entregas e geram os relatórios e gráficos precisos automaticamente. 

Assim, você simplifica a sua análise e tem mais tempo para tomar as ações que farão a diferença na sua transportadora.

Na próxima matéria, vamos falar sobre o indicador “Frete por Tipo”. 

Deixe seu comentário e compartilhe esse conteúdo com seus amigos transportadores, vai ser útil pra eles também.

Muito obrigada e até a próxima!

Comentários

Dúvidas? Entre em contato!