fbpx

Em vez de ler, que tal assistir ao vídeo?

Quer ter o domínio total sobre suas entregas? Conheça o Active TudoEntregue

Continuando com a nossa série sobre  Indicadores no Transporte, hoje vamos entender mais sobre os indicadores de uma das etapas mais importantes para ter entregas bem sucedidas: o controle das ocorrências.

E se você quer saber mais sobre indicadores de desempenho, baixe também o e-book gratuito que preparamos pensando em você, que é gestor de logística:

[Indicadores de Transporte] Como descobrir quais são as principais Ocorrências de Entrega 1

Baixe grátis o e-book: Utilizando Indicadores na sua Transportadora →

Para que serve e como calcular o Indicador de Transporte “Principais Ocorrências de Entrega”?

Com o indicador Principais ocorrências de Entrega você consegue enxergar quais ocorrências acontecem com mais frequência e tomar ações para que elas não se repitam mais. Ou, pelo menos, para minimizar os problemas que elas podem causar.

Você pode calcular por quantidade de ocorrências ou por percentual. É só somar a quantidade de ocorrências de um determinado período por tipo de ocorrência e, caso queira em percentual, dividir pelo total de ocorrências e multiplicar 100.

Quantid. do Tipo de Ocorrência / Total de Ocorrências  X 100 = % do Tipo de Ocorrência

Você também pode dividir as ocorrências por cliente. Isso vai te ajudar a identificar onde está o problema para depois pensar em como resolver ou evitar.

Juntar essa informação com outros indicadores, como entregas por destino, vai trazer uma visão mais clara de como fazer isso.

 

Registro de ocorrências: o primeiro passo para conseguir medir os principais problemas nas entregas

Para que você consiga identificar quais problemas acontecem com mais frequência, é essencial que as ocorrências sejam registradas.

Se as ocorrências não são catalogadas e registradas é praticamente impossível saber o que pode ser melhorado.

Pensando na resolução dos problemas com agilidade, o ideal é que esse registro das ocorrências seja feito em tempo real pelo motorista, ou seja, assim que o problema acontecer. 

Para simplificar, existem sistemas de gestão de entrega, como o TudoEntregue, onde o motorista pode registrar todas as ocorrências no decorrer da entrega no mesmo momento em que acontecer. Você recebe, na mesma hora, a informação na sua Torre de Controle, onde você tem o domínio total de todas as entregas que estão na rua, por meio de gráficos, relatórios e, até mesmo, um mapa com a localização atual de cada motorista.

Quer ter o domínio total sobre suas entregas? Conheça o Active TudoEntregue

Analisando as ocorrências que acontecem com mais frequência, você consegue atuar com mais precisão para resolver os problemas, e isso vai refletir diretamente nos outros indicadores de desempenho.

Nas próximas matérias, vamos citar outros indicadores de transporte importantes para você analisar aí nas suas entregas.

Compartilhe esse conteúdo com seus amigos transportadores, vai ser útil pra eles também.

Muito obrigada e até a próxima!

 

Comentários