fbpx

Em vez de ler, que tal assistir ao vídeo?

Quer simplificar a gestão da sua transportadora? Conheça o Active Trans →

Hoje, vamos continuar falando sobre um assunto importantíssimo pra quem quer deslanchar e lucrar mais com a transportadora: os indicadores de transporte.

Afinal, quem não mede não gerencia. E hoje, vamos falar sobre o último indicador de coletas.

Se você quer saber mais sobre indicadores no transporte, veja também o e-book gratuito que preparamos pensando em você, que é dono ou gestor de transportadora: 

E-book: Utilizando Indicadores na sua Transportadora

Baixe grátis o e-book: Utilizando Indicadores na sua Transportadora →

 

Como analisar indicadores de transporte: “Percentual de Ocupação dos Veículos”

Analisando o indicador de transporte “Percentual de Ocupação dos Veículos” você consegue saber se seus caminhões estão trabalhando no limite de sua capacidade ou se você tem mais veículos do que realmente precisa. 

Essa análise é extremamente importante pra você saber qual é a melhor ação a ser tomada: “tenho que aumentar a quantidade de veículos ou preciso apenas melhorar a eficiência dos meus carros?” 

Imagine que você tem 20 coletas por dia e 20 caminhões para fazer estas coletas, podendo enviar um caminhão para cada coleta. 

Garanto que todas serão feitas dentro prazo, não vai sobrar nenhuma para o dia seguinte e o seu tempo médio de coleta vai ser ótimo!

Contudo, sua operação ficará muito cara e você terá que aumentar o preço do frete para não ficar no prejuízo.

Pois é, não adianta matar formiga com bala de canhão. 

Você deve ter os controles necessários para saber a quantidade de veículos adequada para sua operação e, caso seja necessário aumentar a capacidade, fazer isso com base em números reais.

A ideia aqui é fazer o maior número de coletas com o menor número de veículos possível, sem afetar o prazo e a qualidade do serviço. 

Para isso, assim que você tiver a programação das coletas do dia é importante saber se o peso do veículo está próximo de sua capacidade total ou se ele está voltando vazio para a empresa, sendo que poderia ter feito mais coletas naquele dia. 

Por exemplo, se o veículo tem capacidade para 10 toneladas e volta para a empresa com apenas 2 toneladas, quer dizer que naquele dia ele está com apenas 20% de sua capacidade ocupada. 

Os outros 80% foram desperdiçados, e poderiam ser aproveitados para colocar mais mercadorias. Ou você poderia ter enviado um veículo menor para fazer as coletas.

Se isso acontecer todos os dias com vários veículos indica que você não precisa de mais veículos e sim organizar melhor suas rotas. Ou, até mesmo, trocar por veículos menores que terão menos custo de combustível e manutenção.

Assim, você vai conseguir reduzir seus custos mantendo a qualidade e conseguirá ter preços mais competitivos sem prejudicar o seu lucro.

Na próxima matéria, vamos continuar falando sobre indicadores e agora de uma área que com certeza você se importa muito: o faturamento.

 

Quer simplificar a gestão da sua transportadora? Conheça o Active Trans →

 

Deixe o seu comentário e seu like aqui embaixo e compartilhe com seus amigos transportadores, vai ser útil pra eles também.

Muito obrigada e até a próxima! 

 

Comentários

Dúvidas? Entre em contato!