fbpx

 

Em vez de ler, que tal assistir ao vídeo?

 

Se você sonha em abrir sua própria transportadora, continue lendo e descubra como abrir uma transportadora de sucesso e tirar do papel aquele sonho que ficou “guardado na gaveta”. 

Iniciar um negócio não é tarefa simples, é preciso mais do que experiência no ramo da logística. E quando você começa a se planejar para abrir uma transportadora é comum se deparar com muitas etapas e diversas dúvidas. 

Mas fique tranquilo! Esta matéria é para te ajudar a dar os primeiros e decisivos passos para tirar seu sonho do papel.  

 

1. Conheça e se atualize sobre o mercado

Já vou iniciar te dando uma dica: conheça bem o terreno em que está pisando. Como está o mercado de transporte atualmente? 

Conhecimento nunca é demais e por mais que você tenha anos de experiência ou até mesmo tenha começado a pouco tempo no mercado de transporte, dedique-se a conhecer o mercado e suas necessidades. 

Por exemplo, o comércio eletrônico disparou com a pandemia e a logística está “suando a camisa” para atender o novo perfil imediatista do consumidor. 

 

Como abrir uma transportadora: 5 passos para começar uma empresa de sucesso 1

 

Acontece que existem diversas transportadoras surgindo sem planejamento e já pondo a “mão na massa” simplesmente porque tem demanda. É aí mora o perigo. 

Segundo uma avaliação do Sebrae-SP, muitos empreendedores não se preparam para abrir um negócio: “Os empreendedores em função, inclusive da pandemia, acabaram abrindo uma empresa por necessidade e, por necessidade, não se prepararam.” 

 Para começar com o pé direito nesse ramo é imprescindível se preparar para começar certo! 

 As tendências para o próximo ano já indicam o futuro do setor. Com a evolução da tecnologia e a mudança nas necessidades dos consumidores, é importante estar atento para preparar-se para os novos caminhos do transporte de cargas.   

 

Tenha diferencial! 

 Existem diversas concorrentes por aí e o que destaca uma transportadora da outra é o valor agregado. 

Você pode oferecer serviços que diferenciem você dos seus concorrentes, como, por exemplo o acompanhamento das entregas. 

 Se você investir em um planejamento detalhado, estratégia de negócios e dedicação, pode apostar que a sua transportadora terá sucesso. 

 

2. Escolha qual tipo de serviço de transporte vai oferecer

Quando se pensa em abrir uma transportadora, é muito provável que já tenha em mente em qual ramo deseja trabalhar. Caso ainda não tenha, é muito interessante se especializar em um nicho. Além de passar mais credibilidade por ser especialista em um tipo de transporte, também é mais fácil se adequar as regras, leis e necessidades específicas de um único setor.  

Entendendo como está o mercado de transporte, você consegue escolher estrategicamente qual tipo de transporte vai oferecer. Algumas opções de mercadorias que você pode transportar são: 

  • Alimentos; 
  • Cargas frigorificadas; 
  • Cargas pesadas; 
  • Mudanças; 
  • Cargas perigosas (combustíveis, gases industriais e outros produtos químicos);
  • Veículos; 
  • Medicamentos;
  • e vários outros. 

A escolha do segmento é importante para dar os próximos passos, porque cada perfil de operação vai exigir veículos e documentos compatíveis com a carga. Afinal, cada segmento tem suas regras e ninguém quer ter problemas com a fiscalização, não é mesmo?! 

 

3. Faça um plano de negócios da sua transportadora 

 Essa é uma etapa fundamental! Por exemplo, em uma construção os pilares são fixados antes de levantar o muro, correto? Porque são importantes para a sustentação. O plano de negócio funciona da mesma forma para que sua transportadora comece certo e não quebre.  

No seu plano de negócios você pode incluir informações como: 

  •  o endereço da empresa; 
  • os serviços que irá oferecer em sua transportadora; 
  • o capital que será investido; 
  • quem serão os seus principais clientes; 
  • qual será a previsão do faturamento mensal. 
  • se sua frota será própria ou caminhoneiros autônomos. 

O plano de negócios também é uma peça-chave caso você queira obter recursos com investidores ou bancos. 

 

 como abrir uma transportadora

 

4. Dê entrada na documentação para abrir a transportadora 

Para qualquer negócio começar certo, estar em dia com a documentação é essencial. Por isso, para evitar dores de cabeça é importante contratar um contador, escolhendo um escritório de contabilidade sério e de confiança.  

Para formalizar o seu negócio, os primeiros passos são obter o CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas) e a Inscrição Estadual. Para isso, você vai precisar dos seguintes documentos:  

  • Cópia autenticada do RG e CPF do proprietário; 
  • Folha espelho do IRPF (Imposto de Renda Pessoa Física); 
  • IPTU do imóvel; 
  • Cópia do Contrato de Locação ou Compra e Venda; 
  • Alvará de funcionamento; 
  • Documentos específicos da cidade (varia de acordo com a localização). 

Com o CNPJ é possível dar entrada nas outras documentações, inclusive as documentações específicas do transporte, como o RNTRC (Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Cargas). 

O RNTRC é um registro feito pela ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) e é obrigatório para todos que trabalham nesse ramo no país, seja uma transportadora ou um caminhoneiro. 

Também é preciso obter, licença do corpo de bombeiros, o alvará de funcionamento e fazer o registro no sistema de Conectividade Social da Caixa Econômica Federal. 

Dependendo do tipo de mercadoria que você vai transportar é preciso ter outras licenças, como a da ANVISA, no caso de medicamentos ou alimentos ou Licença da Polícia Federal em caso de produtos químicos controlados.  

 

5. Começando a transportar: Seguros e documentos de transporte 

Depois de organizar esses documentos, você vai precisar emitir o CT-e (Conhecimento de Transporte Eletrônico) para todos os seus serviços de transporte. 

 Segundo a SEFAZ, para que sua empresa possa emitir CT-e você vai precisar: 

  • Possuir CNAE relacionado a transporte; 
  • Ter Inscrição Estadual ativa; 
  • Ter certificado digital para autenticar os documentos; 
  • Realizar o credenciamento na SEFAZ do seu estado; 
  • Adquirir um sistema emissor de CT-e, atualizado com a legislação vigente. 

 Para escolher qual software de emissão utilizar é preciso estar atento a praticidade e segurança que ele oferece. 

Quanto a isso, pode ficar tranquilo. Existem sistemas com preços bem acessíveis, integrados com a SEFAZ e que emitem CT-es e MDF-es em segundos, sem precisar digitar nada e sempre de acordo com a legislação vigente.  

 

Como abrir uma transportadora: 5 passos para começar uma empresa de sucesso 2

 

E nos casos em que os transportes são intermunicipais e interestaduais será necessária a emissão do MDF-e, que é o Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais. Ele é obrigatório independentemente da quantidade de documentos fiscais que acompanham a carga. 

Já falamos sobre a emissão do MDF-e aqui e caso você tenha dúvidas é só verificar nessa matéria: Manifesto Eletrônico (MDF-e): Tudo o que você precisa saber 

 Além disso, você precisa ficar atento quanto ao seguro de cargas obrigatório. Caso queira saber quais são os tipos de seguro de carga e como funciona leia: Seguro de cargas: O que mudou com a nova lei nº 14.599  

 

Dica de ouro: Curso Começando Certo para Transportadores de Carga 

Se você leu até aqui e pensou “socorro! são muitas etapas” …calma! 

 

Como abrir uma transportadora: 5 passos para começar uma empresa de sucesso 3

 

Desenvolvemos um curso GRATUITO que com certeza pode te ajudar.  

 

Como abrir uma transportadora: 5 passos para começar uma empresa de sucesso 4

 

No curso “Começando Certo para Transportadores de Carga” todas as aulas são em vídeo, com linguagem simples e objetiva explicando desde o passo a passo para abrir e regularizar sua transportadora até analisar e medir como andam os seus serviços e o seu lucro. Veja a estrutura do curso: 

1º módulo: Tirando o Sonho do Papel (planejamento e documentação) 

  • Definindo o tipo de serviço da sua transportadora 
  • Documentação para abrir sua transportadora 
  • Começando a transportar: Seguro e Documentos Fiscais 

2º módulo: Divulgando a sua Transportadora 

  • Como montar sua tabela de frete 
  • 7 passos para divulgar sua transportadora 
  • Redes sociais: Divulgue sua transportadora de graça! 

3º módulo: Encantando seus clientes 

  • Primeiros passos para conquistar clientes 
  • Cotação de Frete: Como passar uma boa impressão 
  • Fidelização: Como transformar seu cliente em fã 

4º módulo: Gerenciando a Operação 

  • Coleta e organização do galpão 
  • Expedição: Emitindo CT-e, MDF-e, CIOT e Averbação de Carga 
  • Monitoramento de Entregas 

5º módulo: Financeiro e Fluxo de Caixa 

  • Faturamento da Transportadora 
  • Contas a pagar e contas a receber 
  • Fluxo de Caixa 

6º módulo: Indicadores no Transporte 

  • Indicadores de Cotação e Coletas 
  • Indicadores de Faturamento, Entregas e Ocorrências 
  • Indicadores de Receitas, Despesas e Lucro 

E tudo isso de graça e liberado para assistir quando você quiser! 

Então, para não perder mais tempo, inscreva-se para receber as aulas, e compartilhe também com seus amigos transportadores. 

 

Como abrir uma transportadora: 5 passos para começar uma empresa de sucesso 5

 

Conta aqui nos comentários o que você achou dessa iniciativa do curso exclusivo para transportadores.. 

Gostou do conteúdo? Conheça nossa empresa e nossas soluções para simplificar a logística e transporte.  

Aproveite para seguir as nossas páginas nas redes sociais. Estamos no Facebook, Instagram, Tiktok, YouTube e Linkedin!   

 

Comentários

Dúvidas? Entre em contato!