fbpx

Em vez de ler, que tal assistir ao vídeo?

 

Uma preocupação que todo o transportador tem (ou deveria ter) é oferecer um serviço de qualidade para os seus clientes.

Se eu te perguntar se o serviço da sua transportadora é de qualidade, muito provavelmente você me responderá que sim. Mas, como chegamos a essa conclusão? Como é possível verificar e até mesmo provar que o serviço é de qualidade?

Analisar os números é uma excelente ferramenta para verificar a eficiência da sua empresa.

Nessa matéria, vamos mostrar qual é a forma mais fácil de fazer essa análise e saber exatamente quais são os pontos fortes e quais são as melhorias que devem ser feitas no seu transporte.

 

Porque é importante analisar os números?

Para compreender realmente o que está (ou o que não está) funcionando corretamente, é necessário medir, dimensionar e fazer uma análise das informações mais relevantes da sua operação.

Por isso, analisar os indicadores de performance já é uma prática das transportadoras que se preocupam em oferecer um serviço de qualidade aos seus clientes.

Os indicadores de performance, indicadores de desempenho ou KPIs são métricas usadas para medir e acompanhar os resultados dos pontos mais importantes da sua operação.

Fazendo essa análise, você consegue identificar:

  • Os pontos fortes da sua transportadora, que são as partes da sua operação que já estão funcionando “muito bem, obrigada”. Constatando com números, você pode ressaltar esses pontos fortes para divulgar a sua transportadora e conquistar mais clientes;
  • As fraquezas, que são pontos que precisar ser trabalhados. Se essas fraquezas não forem tratadas você pode perder clientes, ter prejuízo e até mesmo correr o risco de fechar as portas.

 

Como analisar os indicadores de performance da minha transportadora?

Os indicadores precisam ser de fácil entendimento e relevantes para o seu negócio. Também é importante que eles sejam baseados em dados verdadeiros e precisos.

Por exemplo, para medir a performance de entregas é necessário fazer um levantamento da data de previsão de entrega e a data em que a entrega realmente foi realizada. Fazendo essa análise com todas as entregas você consegue saber se elas estão realmente sendo finalizadas no prazo.

Claro que imprevistos acontecem, e algumas entregas podem não cumprir o prazo previsto. O grande problema é quando isso se torna recorrente e os atrasos passam a ser comuns.

Nesse caso, só analisar cada entrega individualmente pode não ser a melhor ideia. O ideal é analisar os dados de um período e descobrir os percentuais.

 

Por onde começar?

Se você vai começar a gerenciar os números da empresa, não precisa começar com indicadores extremamente complexos. Existem dois indicadores de performance simples e que vão dizer muito sobre como anda a qualidade do seu serviço de transporte.

Começar por esses dois já vai te ajudar a enxergar muitos pontos de melhoria. São eles:

 

Percentual de entregas no prazo

Este é um indicador vital para a transportadora, porque o que o cliente mais precisa é que a mercadoria chegue no prazo. Analisando esse indicador fica mais fácil estabelecer o prazo para cada região e cumprir o que foi prometido para o cliente.

 

Principais ocorrências de entrega

Com esse indicador você consegue enxergar quais ocorrências acontecem com mais frequência e tomar ações para que elas não se repitam mais. Ou, pelo menos, para minimizar os problemas que elas podem causar.

É muito comum que aconteçam imprevistos com as entregas, como alagamentos, via interditada, avarias, entre outros. Mas já que sabemos que esses problemas acontecem, é importante ficar atento a eles e resolvê-los o mais rápido possível.

 

Mas como ter esses dados?

Até aqui tudo ótimo, mas como vou conseguir fazer essa análise na prática?

Bom, os indicadores são gerados a partir de dados. Então, o primeiro passo é ter o registro de todas as entregas, prazos e data real das entregas.

Com esses dados em mãos, é necessário compilar todas essas informações em relatórios e gráficos, para que aí sim você consiga fazer a análise.

Para quem não quer perder tempo gerando gráficos e relatórios manualmente, o ideal é aproveitar a tecnologia. Existem softwares de gestão que colhem e organizam todas as informações das suas entregas e geram os relatórios e gráficos precisos automaticamente.

Assim, você simplifica a sua análise e tem mais tempo para tomar as ações que farão a diferença na sua transportadora.

A forma mais fácil de medir a qualidade do seu serviço de transporte 3

 

Bônus!

Há outro indicador que, apesar de não estar diretamente relacionado à qualidade das entregas, acho que vale a pena citar aqui.

Receita x Despesas

Analisar as receitas em relação a despesa é de suma importância para a transportadora. Este indicador deve ser acompanhado diariamente, porque ele representa a saúde financeira da empresa. É muito comum encontrar empresas que quebram por olhar apenas para o faturamento, ignorando pontos cruciais das despesas.

Com esse indicador você consegue saber se sua transportadora está dando lucro ou prejuízo. Gerenciando a saúde financeira da sua empresa você evita “dar um passo maior do que a perna”.

 

E então o que achou desse artigo? Está disposto a melhorar a qualidade do seu serviço e parar de perder clientes para a concorrência? Deixe seu comentário!

 

Comentários