fbpx

Em vez de ler, que tal assistir ao vídeo?

 

 

Você, dono de transportadora, sabe que é comum ter atraso nas entregas. Mas consegue olhar agora no celular e saber exatamente quantas entregas já foram finalizadas, quantas estão em andamento ou atrasadas? Ou, até mesmo, quantas ocorrências estão em aberto e possivelmente vão impactar na performance?  

É comum, o dono de transportadora não ter “ideia” do que está acontecendo na empresa. E se isso soa familiar, é provável que esteja perdendo clientes, dinheiro e oportunidades valiosas para expandir sua transportadora.  

Segundo um especialista em logística, Jefferson Cescon, existem 3 gargalos que mais causam atrasos nas entregas e que, justamente, acontecem pela falta de visibilidade das entregas. 

A boa notícia é que depois que você descobre os gargalos, fica mais fácil contornar e otimizar a operação, garantindo a “satisfação” dos clientes.  

Lendo até o final você vai descobrir os principais gargalos que causam atrasos nas entregas. 

 

Primeiro Gargalo: Não saber “antecipadamente” sobre o atraso nas entregas para tomar uma ação proativa 

Você, como dono da transportadora, é quem sabe onde quer chegar e sabe, também, o valor de cada cliente. Então, não pode se dar ao luxo de saber o que está acontecendo somente no fim do dia. Ou até mesmo, no fim do mês, quando consultar o relatório em Excel que seu colaborador demorou dias para fazer. 

Aí já vai ser tarde demais. Porque o cliente já reclamou, e pior ainda, o cliente do seu cliente reclamou que sua empresa só atrasa.  

É como diz o ditado: “Não adianta chorar pelo leite derramado”, ou seja, no fim do mês olhando o relatório você provavelmente vai se arrepender de não ter agido antes. 

Se você não tem visibilidade instantânea dos números, do desempenho das entregas e do nível de serviço, é hora de agir imediatamente. Se uma entrega está atrasada, faz toda diferença quando você avisa ao cliente antes dele receber as reclamações dos clientes deles.  

Então, não saber o que acontece na empresa sai caro… São custos adicionais, com: 

  • reentregas; 
  • horas extras; 
  • penalidades contratuais; 
  • perda de negócios.  
  • etc.. 

E a credibilidade no mundo da logística, não tem preço! 

Os clientes sabem que imprevistos acontecem, mas é nessa hora que identificam qual transportador está mais preocupado com eles. O cliente não está acompanhando o operacional. É por meio dos resultados que você entrega que ele enxerga o seu comprometimento. 

Esse cuidado em acompanhar a performance das entregas e passar essas informações ao cliente pode ser o fator decisivo para que ele volte a transportar com você ou nunca mais queira saber de sua empresa. 

Então, evitar esse gargalo é essencial para manter o controle e ter domínio da situação. 

Prevendo o atraso é possível ligar para o cliente ou mandar uma mensagem avisando.
Ele espera uma comunicação clara e transparente. Isso demonstra responsabilidade e profissionalismo, facilitando a resolução dos problemas e evitar mal-entendidos. 

Essa previsibilidade só é possível com o auxílio de tecnologia. 

Imagine ter um painel visual, como um dashboard na televisão da sua sala mostrando um gráfico com 5 ocorrências em aberto.  

Imediatamente você consegue agir e tomar as ações necessárias para resolver as ocorrências a tempo de diminuir os impactos do atraso.  

 

Segundo Gargalo: Não saber a quantidade exata das entregas em atraso por região 

Saber a quantidade de entregas que você faz em cada região é tão importante quanto saber o motivo de não estar entregando no prazo. 

Imagine que você tem uma empresa no estado de São Paulo, e acompanhando o indicador, começa a perceber que o percentual de entregas em atraso no estado na Bahia está aumentando consideravelmente nos últimos meses.  

Se este for um estado que você atende utilizando um parceiro com um volume grande, quem sabe não é hora de abrir uma filial?!  

Percebe que só tendo um controle é possível entender a raiz do problema e atuar de forma preventiva?… E quem sabe “virar o jogo”, transformando o que era problema em uma oportunidade de crescimento. 

O controle que estou falando “não” é anotar as informações das entregas em postites ou colocar em planilhas.  

Mas aquele controle que só de “bater o olho”, como um dashboard, você consegue identificar o desvio… “é aqui que tenho que atuar!” 

Então, não espere ser tarde demais. Saiba tudo que está acontecendo na sua transportadora usando a tecnologia como aliada. Tenha um histórico que te ajude a tomar decisões embasadas em dados. 

Ou seja, dados sobre as regiões que tem mais atrasos, quantas reentregas foram feitas, quantos clientes reclamaram e, assim, poderá saber onde e como agir. 

Se você for tentar extrair essas informações uma por uma de planilhas, montar relatórios, gráficos manuais…, vai te dar um trabalhão e, provavelmente, será tarde demais para tomar qualquer ação. 

Uma solução muito boa para quem não tem muito tempo para se debruçar nos dados e gerar relatórios de análises é utilizar sistemas TMS. Além de arquivar todas as informações da operação automaticamente, já gera os relatórios simplificando o trabalho.  

 

Terceiro Gargalo: Não saber o motivo do atraso nas entregas 

Analisar o motivo do atraso nas entregas é uma prática das transportadoras que se preocupam em oferecer um serviço de qualidade aos seus clientes. 

Você pode pensar que aquele atraso que acontece “vez ou outra” é normal. Mas, te garanto que não existe problema recorrente que seja saudável e normal. 

Voltando ao exemplo da região com mais atraso… Se você não fizesse uma análise nunca teria identificado que na Bahia os atrasos são recorrentes devido a condição das estradas, por exemplo, e nem teria transformado o que era problema em uma oportunidade de crescimento. 

Então, não saber os motivos dos atrasos nas entregas pode atrapalhar os prazos de entregas e o crescimento da sua empresa te colocando em uma zona de risco e estagnação. 

É necessário um comprometimento em manter o nível de qualidade. E para saber se está no caminho certo, é necessário analisar os indicadores de performance. 

Esses 3 gargalos são os que eu separei para falarmos hoje, mas não quer dizer que só existem esses, afinal, cada operação tem suas particularidades.  

Identificar e resolver esses gargalos é essencial para melhorar a eficiência da operação de entrega da sua transportadora.

Você precisa garantir pontualidade aos seus clientes, porque isso aumenta a satisfação deles e fortalece a reputação da sua empresa no mercado. 

Tendo visibilidade com um dashboard como esse aqui, facilmente você consegue identificar todos esses gargalos.  

 

dashboard de entregas | Atraso nas entregas

Saber mais | Dashboard de entregas

 

 E aí, gostou dessas informações?  

Então, deixe seu like e compartilhe com seus amigos, vai ser útil para eles também.   

Comenta aqui embaixo suas sugestões e sobre qual outro assunto você gostaria de saber mais.  

Aproveite para seguir as nossas páginas nas redes sociais. Estamos no Facebook,  Instagram, Linkedin e Tiktok!     

Obrigado e até a próxima!

Comentários

Dúvidas? Entre em contato!