fbpx

O Dashboard é um painel de controle que apresenta os principais indicadores, algo similar ao painel de um veículo que o motorista fica o tempo todo monitorando velocidade, combustível e etc…Pensando nas operações de logística, os indicadores mostram a situação atual e ajudam a identificar oportunidades e problemas na operação. Assim como o motorista, o gerente de logística deve conhecer bem a área para identificar oportunidades olhando indicadores. É muito importante ressaltar que o indicador esteja atualizado com informações confiáveis, pois não adianta nada saber que o combustível acabou somente quando o carro para de funcionar, é preciso ter informações reais a todo instante, perder uma grande oportunidade por falta de informação prejudica a empresa e a carreira do gestor.

Analisaremos alguns dos principais indicadores relacionando algumas oportunidades e problemas que podem ser previstas com os indicadores atualizados

1. Frete gasto no período

Este indicador é bem simples de se analisar, todas as empresas têm um limite de gastos, o gestor deve verificar se o valor comprometido com o frete está coerente com o orçamento. Lembre-se que o orçamento deve durar até o final do mês, semestre ou ano depende da estratégia da sua empresa. Por exemplo se o valor gasto estiver acima da média pode ser que a empresa está vendendo mais, ou também pode ser reflexo de aumento de frete, ou pode ser que a empresa iniciou com uma nova operação, ou outras situações, o importante é identificar a mudança no comportamento para tomar as ações necessárias, que pode ser solicitação de aumento no orçamento ou melhorar a produtividade do setor.

Outra informação importante que pode se extrair deste indicador é o frete gasto por transportador, o gestor pode identificar qual o nível de centralização em determinados fornecedores, alguns acadêmicos dizem que é importante diversificar fornecedores para diminuir o risco e a dependência. Obviamente cada caso deve ser analisado especificamente para não prejudicar a operação e o fornecedor. Identifique o percentual do frete para cada transportador e analise o impacto deste fornecedor se tiver algum problema operacional

indicador do frete gasto para cada transportador

2. Frete Pago por destino

Este indicador requer uma analise mais refinada, ele indica quais regiões ou cidades a operação é mais ou menos custosa. O Gestor pode identificar por exemplo que o valor pago de frete para uma região tem volume suficiente para trocar a  modalidade de carga fracionada para carga lotação, ou até mesmo investigar se é mais vantagem criar um ponto de estoque avançado para atendimento da região. O aumento do gasto com frete em uma região pode ser reflexo de alguma ação de marketing ou sazonalidade e o gestor de logística pode elaborar estratégias específicas para melhorar produtividade na entrega e manter o mesmo nível de gasto.

indicador de frete gastor por região ou cidade

3. Frete gasto por KG transportado

Este indicador mede o valor gasto de frete por Kg de mercadoria transportado, é a soma de todos os fretes gastos divididos pela quantidade de Kg transportado no período. Isto significa que para haver mudança de comportamento do indicador, ou houve mudança no valor do frete ou mudança na quantidade de Kg transportados, se estes dois fatores se alterarem proporcionalmente o indicador não muda. Se o KG transportado mudou, pode ser que a característica da carga mudou, ou seja, a empresa está vendendo produtos mais leves ou mais pesados, com esta informação é possível identificar melhores opções de transportes ou até renegociar o frete.

indicador valor gasto de frete por Kg de mercadoria transportado

Este mesmo indicador pode ser detalhado por região e por transportador, com esta informação é possível comparar valores entre transportadores já que muitas vezes existem muitas diferenças de taxas cobradas que dificultam a comparação entre transportadores.

indicador valor gasto de frete por Kg de mercadoria transportado por região

4. % do frete em relação ao valor da mercadoria

Este é o indicador preferido de vendas, pois ele mostra qual o percentual do valor do produto está sendo gasto com frete. É um indicador muito importante pois o valor do frete pode representar um percentual que inviabilize a venda em determinadas regiões, o produto perde no preço para concorrências locais. Isso significa que a empresa pode perder venda se o valor do frete não estiver adequado em uma determinada região.

indicador de percentual do valor do produto que está sendo gasto com frete

5. Frete Pago x Frete Estimado

Este indicador mostra quais transportadores estão cobrando frete diferente da tabela acordada e quais as diferenças encontradas.

indicador mostra quais transportadores estão cobrando frete diferente da tabela

6. Performance de Entrega

Entregas fora do prazo estabelecido podem ocasionar perda de vendas.

Este indicador é muito usado na logística, ele mostra o percentual das entregas feitas no prazo por transportador. O indicador é simples, porem digitar a informação da data de entrega em cada NF é muito trabalhoso e muitas empresas desistem, para manter esta informação é preciso ter um sistema de monitoramento de entregas que receba informações automaticamente das transportadoras. Atualmente é comum as transportadoras trabalharem com sistemas que geram informações eletrônicas, os famosos arquivos EDI, assim fica muito mais fácil gerar gráficos de performance.

indicador mostra o percentual das entregas feitas no prazo pelo transportador

7. Ocorrências sem solução

Não existe situação mais desgastante para um cliente do que problemas com relação a entrega, e em grandes centros é muito comum acontecerem imprevistos com as entregas, pode ser um alagamento, via interditada, entre outros. Já que os problemas acontecem é muito importante resolve-los o mais rápido possível. Este indicador vai mostrar quais transportadores estão com dificuldades para resolver os problemas e por isso deve ser atualizado constantemente, se sua empresa tiver um sistema para controlar ocorrências de entrega tudo fica mais fácil.

indicador de problemas problemas com relação a entrega

Através destes sete indicadores é possível fazer uma boa administração do departamento de logística, criá-los e mante-los é uma boa pratica e se você tiver um sistema fica muito mais fácil, existem sistemas bem completos para o gerenciamento do transporte, basta pesquisar um pouco.

Identificamos estes indicadores como sendo os principais para iniciar uma gestão eficiente da área de logística de uma empresa, obviamente não esgotamos o assunto e sua colaboração é muito importante para contribuir com dicas e sugestões, fique a vontade e faça o seu comentário.

 

E-book Utilizando Indicadores no Transporte e Logística ActiveCorp

 

Obrigado!

Comentários